sábado, 6 de agosto de 2011

Ele escolheu você

Voz Oculta:
Presentes mostram o coração de Deus, o bom e generoso coração de Deus. O irmão de Jesus, Tiago, nos diz: “Toda boa dádiva e todo dom perfeito vêm do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não há mudança, nem sombra de variação” (Tg 1.17). Cada presente revela o amor de Deus...mas nenhum presente revela seu amor mais do que aqueles da cruz. Eles chegaram, não embrulhados em papel, mas em paixão. Não colocados em volta de uma arvore, mas em uma cruz. E não envoltos em laços, mas manchados de sangue. Os presentes da cruz. Muito tem sido dito sobre o presente da cruz em, mas e sobre os outros presentes? Sobre os cravos, a coroa de espinhos? As vestes tomadas pelos soldados. Os panos fornecidos para o enterro. Será que você já gastou tempo para abrir esses presentes? Para refletir sobre o que eles representam? Será que você compreende o incrível amor que vem dentro de cada um desses presentes? Jesus não precisava nos dar tantos presentes na cruz. O único gesto, o único ato necessário para a nossa salvação, era o derramamento de seu sangue, mas ainda assim Ele fez muito mais. Reflita sobre a cena da cruz. O que você descobre?

1 e 2 - Uma esponja embebida em vinagre.

3 e 4 - Uma placa sobre a cruz.

5 e 6 - Duas cruzes ao lado de Cristo.

Todos - Presentes! A esponja, a placa, as cruzes cada uma dessas coisas eram presentes para mim, eram presentes para você.
2 - Presentes divinos que tinham como objetivo alvoroçar o momento

4 - Presentes em que você abrir o seu rosto vai se iluminar, seus olhos vão se arregalar

6 - E Deus vai escutar você balbuciar com a sua voz embargada pelas lagrimas: Você fez isto por mim?!

Todos - Vamos desembrulhe estes presentes, e na medida em que os tocar, na medida em que sentir a textura da cruz e os espinhos pontiagudos da coroa - pare e escute. Talvez você ouça Jesus lhe dizer: “Eu fiz isto por você”.
1 - Ele escolheu você! Jesus amou tanto a mim e a ti que veio a este mundo para morrer por amor a mim e a ti.

3 - Ele não precisava passar por todo este sofrimento, mas Ele queria demonstrar o quanto foi e é grande o seu amor por nós.

5 - Talvez você nunca tenha parado para ouvir e meditar em cada detalhe da emocionante história de Jesus.

2 e 6 - Ele não precisava, não tinha a necessidade de suportar os açoites, o cuspe em sua face, a coroa de espinho, mas Ele aceitou, tudo isto em nosso lugar

Todos - Mas Ele foi transpassado pelas nossas transgressões e moído pelas nossas iniquidades. O castigo que nos traz a paz estava sobre Ele e pelas suas pisaduras fomos sarados.
1 e 5 - Seus discípulos - seus amigos! - adormeceram rapidamente quando Ele mais precisava deles e correram em fuga desabalada quando a situação apertou.

3 - Assim é nossa vida, quando mais precisamos dos amigos, não encontramos um sequer para nos estender a mão.

4 - Jesus foi preso e levado à presença dos principais homens de sua época

Todos - Herodes queria um show, Pilatos só queria terminar logo com tudo aquilo e os soldados? Os soldados, eles queriam sangue.
1 - Assim, eles açoitaram a Jesus com um chicote cruel, feito de tiras de couro com uma pequena bola de chumbo na extremidade de cada tira.

2 - A ideia era simples: espancar o prisioneiro quase até a morte, e então parar.

3 - Trinta e nove chibatadas eram permitidas, mas não eram necessárias. Um oficial mantinha-se cuidadosamente atento para que Jesus não fosse morto acidentalmente.

Todos - A cruz era onde Ele deveria ser morto.
4 - Jesus estava muito próximo da morte quando suas mãos foram desamarradas e Ele caiu no chão.

5 - O açoite era a primeira tarefa determinada para os soldados, a crucificação era a segunda, mas os soldados não estavam satisfeitos.

6 - Mas o que é tão difícil de compreender é a atitude terrível que eles tiveram entre essas duas ações. Veja o que Mateus nos conta:

Todos: E logo os soldados do governador, conduzindo Jesus à audiência, reuniram junto dele toda a corte. E despindo-o, o cobriram com uma capa de escarlate. E, tecendo uma coroa de espinhos, pô-la na cabeça e, em sua mão direita, uma cana; e ajoelhando diante dele, o escarneciam, dizendo: Salve, Rei dos judeus! E cuspindo nele, tiraram-lhe a cana e batiam-lhe com ela na cabeça. E, depois de o haverem escarnecido, tiraram-lhe a capa, vestiram-lhe as suas vestes e o levaram para ser crucificado.
1 e 3 - As ordens para os soldados eram simples: levar Jesus até o lugar da execução e então matá-lo. Mas eles queriam se divertir um pouco antes, eram soldados fortes, descansados e armados que cercaram o carpinteiro chamado Jesus e então o torturaram. Tudo isto porque Ele escolheu você, tudo isto por que Ele amou você.

2 e 4 - Aqueles soldados receberam a ordem do açoite. A determinação da crucificação, mas, afinal por que alguém teria o prazer em cuspir num homem quase morto? Qual a finalidade de tamanha crueldade? O cuspe não tinha a intenção de machucar o corpo. O cuspe tinha o objetivo, a finalidade de ferir a alma, fazer com que Jesus se sentisse o menor, se sentisse uma pessoa sem valor. Era isso que satanás queria que Jesus se sentisse menor que ele. Mas o nosso Jesus é O Rei dos reis, o Maior entre os maiores, Ele é Deus.

Todos - Ele suportou o cuspe em sua face por você! Os anjos estavam apenas a uma oração de distancia. Será que eles não poderiam ter limpado aquele cuspe? Sim, eles poderiam, mas Jesus jamais teria lhes ordenado que fizessem isso. Por você, aquele que escolheu os cravos também escolheu o cuspe, junto com o chicote e os espinhos dos homens. Ele suportou o cuspe dos homens por que Ele te ama.
5 e 1 - Você já imaginou apenas por um momento como Jesus sentiu-se no meio de uma longa jornada com os pés doendo, será que Ele chegou a considerar transportar-se para a próxima cidade? Ou quando a chuva congelava seus ossos, Ele tinha a tentação de mudar o clima? Se alguma vez Ele chegou a ter esses pensamentos, nunca os levou adiante. Nem uma vez sequer. Pare e pense sobre isso, Ele tinha todo o poder.

6 - Com uma palavra, Ele poderia ter transformado a terra dura em uma cama macia, mas não o fez.

3 - Com um aceno de sua mão, Ele poderia ter feito as cusparadas de seus acusadores voltarem de volta para suas faces, mas não o fez.

4 - Com o levantar de sua sobrancelha, Ele poderia ter paralisado a mão do soldado que vinha lhe cravar a coroa de espinho na cabeça, mas não o fez.

Todos - A coroa de espinhos! Jesus deixou o resplendor de glória, o seu trono a direita de Deus e veio ao mundo para receber uma coroa de espinho, tudo por que Ele nos escolheu.
6 e 2 - Diz a bíblia que um soldado recolheu ramos - maduros o suficiente para terem espinhos flexíveis o bastante e os transformou numa coroa de escárnio. Uma coroa de espinhos. Uma coroa de consequências.

5 - Sim! Consequências. A Escritura diz que os espinhos simbolizam não o pecado em si, mas os resultados do pecado.

1 - Lembra-se do Éden? Depois que Adão e Eva pecaram, Deus amaldiçoou a terra:

1 e 4 - Porquanto deste ouvidos à voz de tua mulher e comeste da árvore de que te ordenei, dizendo: Não comerás dela, maldita é a terra por causa de ti; com dor comerás dela todos os dias da tua vida. Espinhos e cardos também se produzirá e comerás a erva do campo.

2 e 3 - Cardos sobre a terra são o produto do pecado no coração. O resultado do pecado são os espinhos, a Escritura nos ensina - espinhos pontudos e afiados. E na coroa de espinhos sobre a cabeça de Jesus nós vemos o quadro da dor que nossos pecados lhe causaram.

5 – E por nossos pecados Jesus recebeu aquela coroa de espinhos. E sentiu cada um daqueles espinhos pontiagudos penetrarem em sua pele e por mim e por você Ele padeceu em silêncio.

6 – Pare agora e sinta alguns desses espinhos afiados: a vergonha, o medo, a desgraça, o desencorajamento e a preocupação. Que perturbam os nossos corações – o seu coração – você não senti o quão doloroso foi para Jesus assumir, sem culpa, o meu e o seu pecado.

Todos – Ele fez isso por mim! Ele fez isso por você!
1, 2 e 3 – Jesus, no entanto jamais sentira qualquer uma dessas coisas. Jamais sentirá em sua pele os espinhos do pecado... Até que Ele se tornou pecado por nós. Até que Ele se tornou um de nós.

4, 5 e 6 – Mas não parou por aí! Em um ato de amor como a Bíblia revela dizendo: Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu seu único filho Unigênito para que todo aquele que n’Ele crê não pereça mas tenha vida eterna.

1 – E Jesus veio ao mundo para padecer a mais terrível morte, a morte de cruz.

2 – E através de sua morte, Ele escolheu a mim e a você para herdar a cidade celestial.

3 – Ele escolheu os cravos, a coroa de espinhos e a cruz porque Ele tem um plano especial para a sua vida.

4 – E Ele fala a você sobre isso de diversas maneiras. Às vezes Ele grita... às vezes Ele sussurra. Você está escutando Ele dizer

Todos – Eu escolhi você!
5 – Ele escolheu a cruz por mim e por ti. Porém a cruz não pode vencer o Autor da minha vida.

6 – Mesmo desamparado e sentido o desprezo dos homens, Ele não desistiu de mim e de você.

1 e 2 – E diante da cruz muitos homens zombavam d’Ele dizendo: Se tu és o Filho de Deus desce da cruz.

3 e 4 – Uns lançaram sorte sobre as suas vestes, e quando teve sede deram-lhe vinagre, e mesmo assim ele não abriu a sua boca.

5 e 6 – Mas quando Ele entregou seu Espírito e sua cabeça tombou a terra tremeu, as rochas se fenderam, os sepulcros abriram-se e os homens proclamarem:

Todos – Verdadeiramente este era o Filho de Deus!
1, 3 e 5 – O corpo de Jesus foi levado ao sepulcro, e por três dias ali permaneceu.

2, 4 e 6 – Mas a morte não teve o poder de reter o Dono da Vida

Todos – Ao terceiro dia Jesus ressuscitou para que nós tivéssemos vida e vida em abundancia. Porque você ainda não decidiu entregar sua vida ao Dono de tudo, Aquele que te escolheu para viver ao seu lado. Entregue-se ao Deus que escolheu padecer todos os nossos pecados e que sussurra ao nosso ouvido: Eu fiz isto por você! Eu escolhi você.


Meus Pensamentos

É falar sobre Jesus não é tão fácil, quanto falar de diversos assuntos. E muitas vezes preferimos evitar falar de um homem que entregou-se à uma das mortes mais horrendas e vergonhosas de sua época, e, tudo isto por amor. No dia 02 de agosto de 2011 fizeram, exatamente, 07 meses e 08 dias em que comecei escrever este jogral, e perguntava-me se realmente Deus queria que eu o terminasse e o publicasse. Cada palavra, foi realmente um marco para mim, pude ver com outros olhos o quanto Jesus me amou, o quanto Jesus te amou, o quanto Jesus nos amou. Os cravos, a coroa e a cruz não conseguiram suprimir um amor incondicional, não conseguiram soterrar o amor de Jesus por nós.

 


Efraim Marques
02/ago/2011
Baseado no livro "Ele escolheu você" de Max Lucado

4 comentários:

  1. Amada, gostei muito dos jograis.São inspirado por Deus.E eu gostaria q vc fizesse um pra mim sobre missão que seria um clamor para as nações,sou da Assembléia de Deus e trabalho c corista de criança.O tema seria clamor,antes deles cantassem um hino de missão,vou colocar algumas crianças clamando pelas nações.Desde já agradeço....no aguardo. Meu e-mail kelly.cristinaporto@hotmail.com

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  3. Nossa que benção esse Blog, amei os jograis, que Deus venha continuar te usando assim!

    ResponderExcluir
  4. Nossa que benção esse Blog, amei os jograis, que Deus venha continuar te usando assim!

    ResponderExcluir


Meu sobrinho, que eu amo muito.